29 de mar de 2011

De canção em canção...


De canção em canção...

Levo esse corpo cansado
que embala meus sonhos
de criança perdida,
de alma atormentada
e coração aflito

Desordenado, sem direção
como um lago parado
esse corpo cansado
oculta o vazio que existe em minha alma

E assim, de canção e canção
Vou aliviando a dor
de não saber de nós
e ter que viver
sem jamais te achar.
.
Glória Dantas


Nenhum comentário:

Postar um comentário