30 de jul de 2011

..........................................................

“Cada cabeça sua sentença”.

No caminho de muitas pessoas sou vista como espinhos ou pedras.

Vários motivos me levam a crer, que me importa que pensem assim? Não posso mudar minha maneira de pensar ou agir. Já fui muito de ruminar, já não o faço mais.

Procuro caminhar sempre na certeza de acertar, se por acaso tropeçar, não vou jogar culpa em ninguém, levanto a cabeça e vou enfrente. Baixar, nunca! Caso isso aconteça, jamais terei bravura para erguê-la. Isso pode ser comigo ou com você. Não passo a mão na cabeça de quem está errado, nem faço vista grossa. O mesmo não faça comigo, pois não irei mais acreditar em você.

Complicado, sermos nós mesmos. Por isso vivo cercada de vazio.

Glória Dantas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário