21 de mai de 2012

Saudade



Saudade

A saudade deixa a alma inquieta.
E quando a ausência se torna eternidade,
vem a alucinação de procurar asas
nos braços do vento,
nas folhas que voam sem rumo.

Assim sou eu, folhas perdidas!

Glória Dantas

Um comentário:

  1. Oi querida Regina Helena.Nossa , como deu vida ..Tudo que vc faz sai perfeito .Grata .Bjo

    ResponderExcluir